Trintando: Conhecendo o universo dos vinhos: Masterclass e degustação

Sponsor

Conhecendo o universo dos vinhos: Masterclass e degustação

segunda-feira, 3 de julho de 2017

Esses dias atrás fui em uma masterclass sobre vinhos, promovida pelo Centro Europeu, o mesmo lugar que eu fiz meu curso de fotografia! Eu já estava interessada em ir, mas aí a Dobruskii me convidou para ir com ela, e foi a melhor coisa! Se você não conhece ela, pode acessar o canal dela aqui! Como eu sou apaixonada por vinhos e porque isso também faz parte da vida adulta, hahaha, resolvi compartilhar com vocês a minha experiência!



No início, a sommelier passou alguns slides que explicavam a história do vinho e quais são os principais tipos. Logo depois, teve uma degustação de três tipos de vinho: espumante, vinho branco e vinho tinto. Em todas as vezes, ela nos ensinava a apreciar o vinho e sentir todos os aromas possíveis, antes de colocar na boca! E apesar de beber vinho, eu descobri que não entendia nada sobre ele, haha!



O primeiro foi o espumante Cave Geisse, que na minha opinião, foi o melhor de todos! Não era tão doce, tinha um sabor suave e muitas bolhas! Ele é um espumante produzido em Pinto Bandeira, na serra gaúcha do Rio Grande do Sul. O enólogo Mário Geisse fundou a vinícola boutique em 1979, e hoje é conhecida por produzir vinhos de altíssima qualidade!



Claro que eu fui pesquisar mais a fundo sobre os vinhos e servidos, hehe, e descobri que a Cave Geisse Nature é um espumante com guarda de 24 meses, isso explica o preço de R$92 por garrafa!



O segundo foi um vinho branco chamado Viu Manent, proveniente do Chile. Achei gostoso, mas com um cheiro floral, algo que me lembra uma fruta cítrica e adocicada ao mesmo tempo!  Dá pra entender? Haha! Pesquisei e encontrei vinhos da mesma vinícola entre R$60 e R$90.



O último foi um vinho tinto bem encorpado, da vinícola argentina Alta Vista. Eu gostei, mas achei bem forte e é um vinho que pede uma comida mais forte, assim como ele, tipo uma carne vermelha. Acho praticamente impossível beber sozinho, sem acompanhamento. O aroma me lembrou muito café, e isso conta pontos pra mim, haha! A garrafa custa em torno de R$80.





Se eu fosse explicar todos os detalhes, o post ficaria enorme, então vou deixar pra falar mais sobre vinhos quando eu for visitar Bento Gonçalves, haha! É um lugar que tenho muita vontade de conhecer! Achei muito interessante conhecer mais sobre os vinhos e descobrir coisas que nem imaginava, como o fato de vinhos que encontramos no supermercado serem feitos para consumo imediato, o que passa bem longe do velho ditado "quanto mais velho, melhor o vinho!"

Depois que entendemos o quanto é difícil chegar à perfeição de um determinado vinho, o cuidado com as uvas e o tempo em que ele é guardado, é possível imaginar porque alguns vinhos são tão caros! E vocês, gostam de vinho? Qual o seu tipo preferido?

Comente com o Facebook:

Nenhum comentário:

Postar um comentário